segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

10 coisas que você não sabe sobre si mesmo

Possuímos livre arbítrio? Nossa espécie evolui para melhor? Existem vários fatos sobre a nossa condição que sequer imaginamos. Para mostrar o que é verdade e o que é mito em relação ao ser humano, listamos 10 coisas que você provavelmente não sabe sobre si próprio:


10. VOCÊ É UM MILAGRE


Antes de tudo, já começamos competindo. Para existir vida humana, um gameta masculino e um feminino devem se conectar. Até isso acontecer, precisamos passar por uma corrida frenética com milhares de outros espermatozoides e ser o primeiro da fila (com exceção de gravidez múltipla)! Só de conseguirmos penetrar o óvulo já somos campeões. Depois, vem o segundo desafio: já somos um amontoado de bolas após a fecundação. Para aquela forma começar a desenvolver orifícios como nariz, boca, etc., já é outra operação delicada da mãe natureza. O zigoto precisa se amassar, contorcer e empurrar em diversos formatos diferentes. Aliás, nosso primeiro orifício a se formar é o ânus, só sendo usado bem mais para frente, no fim da gestação.


9. VOCÊ NÃO TEM A VISÃO 100% PERFEITA



Como em alguns seres vivos que não se desenvolveram totalmente na escala evolutiva, a espécie humana também possui alguns mistérios quanto à funcionalidade de alguns órgãos: para que serve o apêndice? E o siso, por que alguns nascem com 4 e outros com menos? Pois é, incluído nos nossos “defeitinhos”, está o ponto cego existente entre os olhos, um área que a gente simplesmente não enxerga. A princípio, nos acostumamos com isso, mas, para quem perde a visão de um olho, isso pode ser um grande problema.

8. SOMOS INCAPAZES DE FAZER CÓCEGAS EM NÓS MESMOS




O barato da cosquinha é que ela venha de um terceiro! Por isso, se nós fizermos em nós mesmos, o nosso cérebro já estará preparado para o estímulo. A não ser que você seja um esquizofrênico. Para eles, não é tão fácil perceber o seu próprio toque, e por isso podem se deliciar com uma pluma roçando seus pés.

7. VOCÊ PODE CONTAR SEM SABER CONTAR




Quando você é apresentado a grupos de até quatro objetos, não precisa contar para descobrir quantos são. Para esses pequenos grupos, você tem uma compreensão instintiva do número de itens. Isso é verificado também com os membros da tribo Pirahã, aqui do Brasil, que não possuem números em sua língua e são incapazes de contar – e mesmo assim são capazes de compreender números até quatro.

6. SEU ESTÔMAGO É MAIS INTELIGENTE DO QUE VOCÊ PENSA

Você acha que possuímos neurônios apenas no cérebro? Pois então saiba que nosso estômago possui muito mais células do que cérebros de outros animais, sendo até chamado por alguns como “segundo cérebro”. Enquanto outras partes do corpo – as palmas das suas mãos, por exemplo – também têm altos níveis de neurônios, o estômago é o único que pode efetivamente pensar por si mesmo, o que significa que você pode digerir os alimentos sem ter que pensar sobre isso. Já ficou nervoso, irritado, sem nenhuma razão? Já se encontrou incapaz de se concentrar depois de uma enorme refeição? Grande parte da culpa está no seu estômago – mais uma razão para comer com sabedoria!


5. VOCÊ É TÃO PELUDO QUANTO UM CHIMPANZÉ




A não ser que você tenha hipertricose (aquela doença que faz crescer pelos por todo corpo de maneira excessiva), pode acreditar: você tem tanto pelo quanto nossos ancestrais. Assim como os chimpanzés, nós temos pelos em todo o corpo, mas muito mais finos e curtos do que os de nossos primos peludos. A cada polegada quadrada, temos uma média de 500 a 1000 folículos de pelos . Tá se achando a criatura mais peluda da face da Terra? Saiba que a lontra do mar bate esse recorde, com quase um milhão de fios por polegada quadrada!

4. NOSSO CÉREBRO NÃO PARA DE MUDAR




O cérebro é uma metamorfose não-ambulante. Mesmo quando alcança a idade adulta, esse órgão não para de se desenvolver, pois isso significaria que você não seria capaz de mais nenhuma conexão neural – ou seja, não poderia aprender. Como estamos aprendendo todos os dias, o cérebro também muda um pouco todos os dias.

3. VOCÊ POSSUI LISTRAS


Não são só as zebras ou os felinos que possuem uma série de listras no corpo. Nós possuímos micro-listras também, mas elas são invisíveis. Existe uma doença que é capaz de mostrar essas listras, chamada Linhas de Blaschko, que afeta um tipo específico de célula. As listras seguem um “V” sobre as costas, “S” em forma de espirais sobre o peito, estômago e laterais, e formas onduladas na cabeça!

2. SEJA VOCÊ MESMO, MAS NÃO SEJA SEMPRE O MESMO



Você está mudando o tempo todo. Você cresce, a dentição é trocada, seu cabelo vai ficando branco, e assim são as mudanças que nos ocorrem naturalmente. Se você já passou a idade da puberdade, então é provável que nem uma única parte do seu corpo seja igual à que te pertenceu quando bebê. Isto leva a um questionamento interessante, ainda muito debatido por filósofos: se cada parte de você é diferente hoje, você ainda é a mesma pessoa que era no momento do nascimento?

1. VOCÊ NÃO TEM LIVRE-ARBÍTRIO


Você é realmente livre para tomar suas decisões ou forças ocultas ou inconscientes tomam-lhe o domínio? Esse debate é profundo, mas podemos nos basear num experimento realizado em um paciente de Benjamin Libet. Libet, observando o cérebro do paciente, disse-lhe para mover a mão sempre que ele quisesse. Descobriu então que o cérebro registrou o desejo de mover a mão antes mesmo que o próprio homem ficasse ciente deste desejo. Isto sugere que talvez possamos agir impulsivamente, sem realmente tomar uma decisão antes de realizar determinado ato. Ou seja, primeiro acontece a escolha do movimento e só depois a consciência da decisão, e não o contrário.
Vivendo e aprendendo, literalmente, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não deixe de se expressar!
Sua opinião é muito importante para nós.